top of page
  • Foto do escritorFabrício Girão

AD Entrevista: Sophia Valverde, Bianca Paiva e Guilherme Brumatti (Hora de Brilhar)

Elenco do novo filme nacional do Disney Plus fala sobre a produção, explorando os temas discutidos e seus personagens.

Divulgação/Disney Plus

Nesta semana, o Disney Plus estreia um novo filme nacional exclusivo voltado para toda a família. Hora de Brilhar conta história de um grupo de amigos enquanto se preparam para um concurso de talentos na escola. Ariana (Sophia Valverde), que tem o sonho der ser uma cantora, encara o desafio com Téo (Matheus Ueta), seu namorado. Mas ela não esperava que a chegada de uma nova aluna, Gaby Gamer (Duda Pimenta), e os planos da rival Diana (Mharessa Fernanda) fossem tornar tudo tão difícil.


O AD teve a oportunidade de conversar com alguns atores do elenco de Hora de Brilhar, que compartilharam detalhes da produção e falaram um pouco sobres seus personagens e a expectativa de estrear no Disney Plus!




Entrevista com Sophia Valverde, Bianca Paiva e Guilherme Brumatti


Almanaque Disney: Como foi para vocês participar dessa produção?


Sophia Valverde: Foi incrível, uma experiência nova. Já tinha feito dois filmes, mas Hora de Brilhar foi um start que começou na minha cabeça, pensando que era um outro patamar. Porque a gente sempre assistia Disney aqui em casa e agora eu estou na Disney. Foi muito legal, uma experiência muito boa, eu fiquei extasiada. Acho que todo mundo ficou um pouco, de saber que estaria na Disney, no Disney Plus, no caso.


Bianca Paiva: Foi muito, muito especial reencontrar a galera de A Garota Invisível, e estar com eles. A rotina era maravilhosa, a equipe era incrível e o figurino era super especial. A gente tinha figurino de cinema, daquele que você fica de boca aberta, e estar na Disney não merecia menos do que isso. Foi muito legal, cada cena foi filmada com muito amor e carinho e foi uma experiência única que eu vou guardar para sempre.


Guilherme Brumatti: Pra mim foi muito especial porque eu não conhecia quase ninguém pessoalmente, com exceção de algumas pessoas, mas eu nunca tinha tido um contato muito forte com eles, então foi muito bom estar ali brincando nos backstages. Foi importante pra mim também por conta do lado cinematográfico, porque eu gostei muito de ver por trás das câmeras e me apaixonei ainda mais. Eu estava na faculdade de cinema, então foi muito especial.


AD: Como vocês descrevem seus personagens e o que acham que têm em comum com eles?


Sophia Valverde: A Ariana é uma pessoa muito alegre, tem uma personalidade forte, tem vários amigos. Ela lida até bem com algumas situações, mas aprende a lidar melhor depois e sente um pouco de ciúmes também. Em comum com ela eu tenho essa personalidade forte, a alegria e o ciúmes. Ah! E gostar muito de cantar. Eu amo cantar, sempre gostei.


Bianca Paiva: A Jade eu já adoro o nome, o significado dele e tudo mais, já me traz algo muito bom só de pensar. E uma das coisas que eu acho que eu tenho de mais parecido com ela: aquela preguiça, um sono, aquelas coisas todas (risos). Algo que eu gosto muito, e que eu acho que marca a Jade nesse filme, é o fato de ela estar se encontrando, estar buscando seus próprios sonhos e tomando decisões, fazendo escolhas que fazem bem pra ela e que a deixam feliz. Outra coisa muito especial é a arte mesmo, a arte da dança, que é algo que me faz bem e me deixa feliz. Ver esse encontro da Jade com a dança no filme foi muito interessante pra mim.


Guilherme Brumatti: O Khaleb manteve a essência dele de galã, de galanteador, dele mesmo. Mas acho que também teve uma redenção dentro dele, onde ele acabou pensando se o que ele fez estava certo ou não, e eu acredito que ele refletiu mesmo que não estava certo e mudou todo o mindset dele. Acho que eu tenho em comum isso porque eu aprendo com os meus erros, não vou errar de novo. Talvez eu erre, mas vou procurar não errar. E o lado musical dele eu também tenho, gosto muito de tocar violão e de cantar.


Divulgação/Disney Plus

AD: As redes sociais e as plataformas online estão bem presentes na trama de Hora de Brilhar. Vocês acham importante trazer esses elementos que dialogam com a realidade dos jovens?


Sophia Valverde: Acho que sim, acho que isso dá mais realidade para o filme. Porque hoje a gente está sempre com o celular na mão, sempre na internet, tem gente que se não tem internet surta. Isso aproxima muito da realidade e várias pessoas vão se identificar, porque a internet sempre está presente nos nossos dias, pelo menos de 2010 pra cá para mim.


Bianca Paiva: A Garota Invisível e Hora de Brilhar sempre foram filmes super atuais, que mostram e demonstram a nossa realidade. Quando a gente estava tendo aula de forma remota, por mais que não tenha passado no filme a situação que vivemos no mundo, esse ensino remoto veio durante a produção do filme e a gente conseguiu apresentar um trabalho super legal dentro das possibilidades que tínhamos naquele momento. Desde o início, essa coisa toda da internet e de influencers, com a Diana mesmo, essa disputa, essa rivalidade, é algo que a gente vê presente nos filmes da Disney e também em vários outros. É super especial a gente assistir um filme e poder falar: eu vi isso na minha escola, vi isso em outro lugar. É uma identificação muito legal.


Guilherme Brumatti: As rede sociais hoje em dia são o cartão de visita de todos os influenciadores em todo o mundo. Ela são um pouco traiçoeiras, atrapalham um pouco o pensamento das pessoas, a mentalidade. Mas você tem que ter o pensamento bem forte para poder aguentar haters, essas coisas. Não sofro tanto com isso, deve ser bem constrangedor e invasivo.


AD: Como é para vocês ter esse lançamento no Disney Plus, sabendo que o filme vai estar ao lado de vários clássicos no catálogo? Qual a expectativa para a estreia de Hora de Brilhar?


Sophia Valverde: Eu sempre sonhei em estar na Disney e com a chegada do Disney Plus eu pensei em fazer algo para essa plataforma nova e acho que esse é o sonho de todo mundo. Sempre assisti as séries e filmes da Disney, como Violetta, e acho que ela e Hora de Brilhar tem uma conexão, tem temas muito parecidos, além de serem musicais. Eu não consigo nem definir o que é estar na Disney, é um sonho se tornando realidade. É um presente e todo mundo está feliz. Espero que todos assistam, porque vale muito a pena.


Bianca Paiva: É um sonho se tornando real. Quando eu falo para minha família eles ainda ficam meio chocados, mas estão muito felizes e me apoiam. Disney foi uma das grandes plataformas que fez eu me apaixonar pela arte e pela atuação, sempre foi o meu sonho ser aquilo que eu via na TV, e é muito especial saber que a gente vai estar ao lado de grandes histórias e grandes filmes no Disney Plus. E quem sabe não há um próximo também? (risos). Julho é o mês do meu aniversário e eu vou comemorar também a estreia de Hora de Brilhar. Vai ser mágico!


Guilherme Brumatti: As minhas expectativas são as melhores possíveis. Não vejo a hora de entrar ali no Disney Plus com meu bonequinho do Olaf, que a minha irmã escolheu, e poder me ver ali, ver todo mundo no filme. A Disney sempre esteve presente na minha vida, já fui algumas vezes nos parques e sempre foi muito mágico, o Disney Plus é muito mágico. Ele tem toda uma bagagem de filmes e séries e eu não vejo a hora de o nosso filme estar ali no meio deles.


Hora de Brilhar estreia nesta sexta-feira, dia 29 de julho, exclusivamente no Disney Plus.



Siga o AD no Twitter e no Instagram para acompanhar as notícias dos filmes e séries da Disney em tempo real, todos os dias.

Comments


bottom of page