top of page
  • Foto do escritorFabrício Girão

Novas imagens e detalhes da trama de Raya e o Último Dragão

Em reportagens exclusivas, Entertainment Weekly e Total Film revelam novas informações sobre o Reino de Kumandra, onde se passa a história.

Divulgação/Walt Disney Animation Studios

Em uma reportagem exclusiva publicada hoje (08), a Entertainment Weekly (EW) divulgou uma imagem inédita de Raya e o Último Dragão (essa que você vê acima), e trouxe novas informações sobre o universo do filme, o reino fictício de Kumandra.


A imagem da EW foi retirada de uma sequência de ação do filme, que acontece na Terra de Talon (Garra, em tradução livre), uma das 5 regiões de Kumandra. Esse local específico onde a protagonista se encontra é um Mercado Flutuante, inspirado nos Mercados Flutuantes reais, localizados na região do Delta do Rio Mekong, na Ásia.





Ainda de acordo com a reportagem, as 5 regiões de Kumandra se chamam Heart, Fang, Spine, Talon e Tail (Coração, Presa, Espinha, Garra e Cauda, em tradução livre), dando a entender que o mapa do reino irá lembrar o formato de um dragão.

Don Hall (Operação Big Hero), diretor do filme, entregou que a heroína irá visitar todas as regiões em sua busca por Sisu, o último dragão.


Em adição, a produtora Osnat Shurer (Moana), comentou que as regiões do reino de Kumandra e seus respectivos habitantes possuem estilo próprio, definido por cores, tecidos e penteados diferentes, como podemos ver no trailer do filme.



Parceiros de viagem


Como parte da missão para salvar Kumandra dos malignos Druun, Raya vai precisar reunir um grupo de inimigos declarados, cada um deles pertencendo a um dos clãs/tribos do reino. Boun, um "empreendedor das ruas"; Tong, um gigante leal; Noi, uma bebê ladra e os Ongis, companheiros de Noi que são metade macaco, metade peixe-gato.





Sobre os novos personagens, o diretor Don Hall comentou: "Tong é um guerreiro enorme da Terra de Spine, endurecido por causa dos combates. Noi é uma bebê vigarista, que comanda um pequeno jogo de trapaça com essas criaturas chamadas Ongi. Sempre nos referimos ao Boun como nosso Han Solo, porque ele fornece o transporte, que no caso é um barco chamado Shrimporium, uma espécie de restaurante flutuante".


A reportagem da EW, informou, ainda, que a Disney Animation está trabalhando no segundo trailer do filme, que deve ser lançado em breve.


Divulgação/Walt Disney Animation Studios

Representatividade


A revista Total Film também divulgou uma imagem inédita de Raya e o Último Dragão (acima). Nela, a protagonista aparece conversando com Noi e os Ongis. A publicação fez uma breve entrevista com a equipe de produção do filme.


O também diretor Carlos López Estrada destacou o trabalho com o Raya Southeast Asia Story Trust, um conselho formado por consultores da cultura asiática, para garantir que o mundo de fantasia do filme fosse representado de uma forma culturalmente sensível. "Eles estiveram lá para construir esse mundo com a gente e para garantir que estávamos sendo respeitosos e verdadeiros com as nossas inspirações", pontuou.


"O filme ainda nem foi lançado e já há uma resposta enorme apenas à especificidade presente nele. Eu acho que sendo uma pessoa dessa comunidade, a grande comunidade ásio-americana, ou comunidade asiática, sabia que isso seria algo importante", declarou o roteirista Qui Nguyen.





Para a EW, Carlos López Estrada adicionou: "As reações que recebemos da comunidade do Sudeste Asiático foram definitivamente as mais emocionantes para nós. As pessoas comentaram sobre os diferentes tons de pele, sobre aspectos culturais tão específicos e que a equipe dedicou tanto tempo pensando, que é bom saber que eles são importantes".


Há muito tempo, no mundo de fantasia de Kumandra, humanos e dragões viviam juntos em harmonia. Mas quando monstros sinistros conhecidos como Druun ameaçaram a terra, os dragões se sacrificaram para salvar a humanidade. Agora, 500 anos depois, esses mesmos monstros voltaram e cabe a uma guerreira solitária, Raya, localizar o último dragão para finalmente parar os Druun para sempre. No entanto, ao longo de sua jornada, ela aprenderá que será necessário mais do que magia de dragão para salvar o mundo - também será necessário confiança.


Raya e o Último Dragão estreia em 4 de março de 2021.



1 comentário


Jorge Luis de Oliveira Silva Junior
Jorge Luis de Oliveira Silva Junior
09 de jan. de 2021

Ótima matéria, amo muito acompanhar as novidades por aqui ❤️❤️

Curtir
bottom of page