top of page
  • Foto do escritorFabrício Girão

O pessoal e o épico colidem em A Jornada de Jin Wang, do Disney Plus

Nova série do Disney Plus conta com recentes vencedores do Oscar no elenco, e trabalha temas como identidade e pertencimento.

Divulgação/Disney Plus

Depois do sucesso estrondoso de Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo no último Oscar, é difícil não olhar com curiosidade para um projeto com Michelle Yeoh, Ke Huy Quan e Stephanie Hsu no elenco. Eles não são os protagonistas de A Jornada de Jin Wang, série que estreia nesta semana no Disney Plus, mas desempenham papéis relevantes na trama, especialmente Ke Huy Quan.



A série, inspirada na HQ American Born Chinese, narra a história de Jin Wang, um jovem adolescente cuja família tem origem chinesa e que atravessa as complexidades características da adolescência enquanto também busca compreender sua identidade enquanto um dos poucos jovens asiáticos de sua escola. Além disso, ele se vê envolvido em uma disputa relacionada às grandes figuras das lendas e divindades chinesas com a chegada de Wei-Chen, outro adolescente chinês.


Divulgação/Disney Plus

O que faz de A Jornada de Jin Wang especial é a habilidade de saber trabalhar duas frentes de forma igualmente interessante. Jin e seus pais lidam com conflitos familiares e refletem sobre sua posição na sociedade seja na escola, no trabalho, ou em sua comunidade. Em paralelo, o céu enfrenta uma ameaça iminente, com repercussões diretas no mundo humano. Cada lado dessa história se complementa, sem que um seja priorizado em detrimento do outro.


Kelvin Yu e seu time de diretores, que inclui Destin Daniel Cretton (Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis), trazem para a série sequências de ação de proporções épicas bastante inspiradas no Kung-Fu, com coreografias muito precisas e que fazem bom uso dos cenários, sendo extremamente divertidas de assistir.



Também vale fazer um destaque específico ao arco narrativo do personagem de Ke Huy Quan, recente vencedor do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. É uma trama secundária dentro da história sobre um ator com um papel em uma sitcom de sucesso, mas que oferece um dos momentos mais impactantes da série ao refletir sobre a representação da população asiática na mídia nos Estados Unidos.


Divulgacão/Disney Plus

O que incomoda em A Jornada de Jin Wang é o fato de quase todos os episódios se prenderem a uma estrutura fixa de narrativa, em que os conflitos entre os personagens são trabalhados até o fim de cada capítulo, espaço geralmente reservado grandes cenas de ação que acontecem com a chegada de algum inimigo. Isso deixa tudo um pouco previsível demais.



Em contrapartida, a série acerta demais ao entender que a questão de firmar a identidade e a busca por pertencimento e por respeito são tão importantes quanto os embates divinos pelo destino do mundo. Ao reunir o pessoal e o épico, A Jornada de Jin Wang se destaca como uma das melhores produções originais do Disney Plus.



A Jornada de Jin Wang

Ano: 2023

Direção: Destin Daniel Cretton

Elenco: Ben Wang, Michelle Yeoh, Yeo Yann Yann, Chin Han, Jimmy Liu, Ke Huy Quan e Daniel Wu.


Equilibrando o pessoal e o épico ao falar sobre identidade e pertencimento, e com a presença de cenas de ação muito criativas, A Jornada de Jin Wang cativa e entretém.


Nota: 4/5

Comments


bottom of page