top of page
  • Foto do escritorFabrício Girão

AD Entrevista: Bia Jordão, Duda Pimenta e Matheus Ueta (Hora de Brilhar)

Elenco fala sobre as temáticas e os personagens do novo filme nacional exclusivo do Disney Plus.

Divulgação/Disney Plus

Nesta semana, o Disney Plus estreia um novo filme nacional exclusivo voltado para toda a família. Hora de Brilhar conta história de um grupo de amigos enquanto se preparam para um concurso de talentos na escola. Ariana (Sophia Valverde), que tem o sonho der ser uma cantora, encara o desafio com Téo (Matheus Ueta), seu namorado. Mas ela não esperava que a chegada de uma nova aluna, Gaby Gamer (Duda Pimenta), e os planos da rival Diana (Mharessa Fernanda) fossem tornar tudo tão difícil.


O AD teve a oportunidade de conversar com alguns atores do elenco de Hora de Brilhar, que compartilharam detalhes da produção e falaram um pouco sobres seus personagens e a expectativa de estrear no Disney Plus!



Entrevista com Bia Jordão, Duda Pimenta e Matheus Ueta


Almanaque Disney: Como foi para vocês participar dessa produção?


Bia Jordão: Foi muito legal, muito divertido. Eu gostei muito porque foi um dos filmes que eu gravei junto com a minha irmãzinha, então pra mim foi muito divertido estar com a Clarinha, e a gente é irmã [no filme] também. Gravar esse filme com todo mundo foi muito legal mesmo, foi super leve.


Duda Pimenta: Como a Bia falou, foi muito divertido. No começo eu estava muito nervosa, mas depois que eu descobri que eu ia gravar com o pessoal que eu admiro, o Matheus, a Bia e a Sophia [Valverde], eu fiquei mais relaxada. Queria agradecer a todos vocês que são pessoas maravilhosas e atores incríveis, foi um prazer fazer esse filme.


Matheus Ueta: Acho que foi um desafio em tanto gravar esse filme, participar dessa produção, porque a gente fez tudo durante a pandemia de Covid-19, então acho que era algo que ninguém tava muito preparado e foi muito bom ver a mobilização dos atores, da produção, de toda a equipe por trás fazendo tudo acontecer mesmo em um momento tão delicado, um momento tão complicado. Foi muito legal ver essa mobilização de toda a equipe envolvida no projeto, entrando de cabeça. Foi muito especial.


AD: Como vocês descrevem seus personagens e o que acham que têm em comum com eles?


Bia Jordão: A Paty é meio doidinha, meio lelé da cuca, mas eu diria que ela tem um coração muito bom. Vejo ela como uma pessoa muito genuína, que gosta de ajudar as pessoas. Ela está sempre do lado da Ariana, querendo sempre ajudar. Por mais que seja um pouco lerdinha, ela é muito legal. Ela sempre quer fazer o possível para ajudar os amigos e incentiva eles a seguirem os sonhos. Acho que me identifico um pouco com ela nisso, eu gosto de incentivar as pessoas que estão à minha volta. Gosto de incentivar os meus amigos a correr atrás dos sonhos deles e também sou meio lerdinha, então diria que a Paty combina comigo (risos).


Duda Pimenta: Eu gostei muito de fazer essa personagem [Gaby] porque em alguns pontos eu me pareço um pouco com ela. Por exemplo, ela é uma pessoa muito confiante. Eu vejo também que ela é uma pessoa que não gosta de briga, que tenta evitar. É uma pessoa muito empoderada, extrovertida também, gosta de defender os amigos, e eu me vejo muito parecida com ela em alguns pontos.


Matheus Ueta: O Téo é um nerdzão, geek e joga videogame, essa última sendo a característica dele que mais se aproxima a mim, aliás. Eu sou muito gamer, é algo que eu gosto muito de fazer e que é mais que meu hobby ou passatempo, é uma parte da minha profissão. Eu me identifico muito com ele mas não só nisso, porque o Téo tem muito do Matheus, muito de ser meio atrapalhado com as coisas, ser meio doidinho, além de ser meio apaixonadão pela Ariana. Não só apaixonado, mas pela amizade e pela importância da Ariana na vida dele. Isso é muito importante, o quanto ele valoriza ela. E o Téo, coitado, é muito azarado, tudo dá errado pra ele, as coisas não se encaixam muito pra ele. O Téo quando foi construído teve muito do Matheus, para fazer algumas cenas de games do filme eu lembro até que o Maurício, o diretor, veio falar comigo para ajudar a compor as cenas.


Divulgação/Disney Plus

AD: As redes sociais e as plataformas online estão bem presentes na trama de Hora de Brilhar. Vocês acham importante trazer esses elementos que dialogam com a realidade dos jovens?


Bia Jordão: Acredito que sim. Acho que é muito legal porque traz identificação, a galera se identifica com o filme e é muito importante porque as redes sociais fazem parte da história, e várias coisas rodam por meio do celular, que é o que a gente mais usa no dia a dia. Eu não vou dar spoiler, mas até coisas meio ruins acontecem por causa do celular e as informações correm muito rápido também. Acho que é algo que tem um lance de aprendizado, de como seria uma maneira legal de se usar o celular.


Duda Pimenta: O filme mostra os dois lados das redes sociais, o lado bom e o lado ruim. Muita gente acha que nas redes tudo é perfeito, mas eu mesma recebo muitos ataques de haters, comentários preconceituosos, então eu gostei muito da ideia de o filme trazer essa mensagem, do que não podemos fazer nas redes sociais, porque você pode sim deixar uma pessoa triste. Foi uma mensagem que mexeu muito comigo e que me deixou muito atenta.


Matheus Ueta: Achei muito importante a gente trazer as redes sociais para dentro do filme, isso é algo muito presente, até por isso que as meninas falaram do lado bom e do lado ruim, mas também por ser a nossa realidade. Hoje a gente não vive sem o celular, sem estar toda hora entrando no Instagram, no Twitter, nós vivemos em volta disso. É importante trazer isso pro filme porque os jovens que estão assistindo vão se identificar, vão ver situações que também acontecem com eles, e isso vai construindo um contato com o público muito maior. Com certeza é um elemento muito crucial dentro do filme.


AD: Como é para vocês ter esse lançamento no Disney Plus, sabendo que o filme vai estar ao lado de vários clássicos no catálogo? Qual a expectativa para a estreia de Hora de Brilhar?


Bia Jordão: É um sonho o filme estar no Disney Plus. Disney sempre fez parte da minha vida, da minha infância, eu sou uma usuária muito forte do Disney Plus (risos) e assisto todos os dias. É um sonho realizado ver o meu rostinho ali na plataforma, assistir ao filme e lembrar de tudo que rolou nas gravações. Eu acredito o público vai pirar com o filme, é um filme muito gostoso de assistir e muito leve também, é pra família toda e todo mundo deve gostar.


Duda Pimenta: Estar no Disney Plus… eu não consigo nem acreditar. Isso mostra o quanto eu batalhei e trabalhei para chegar onde eu estou hoje, porque não é fácil. Como eu sou uma menina preta, infelizmente não temos tantas oportunidades, então estar lá é um sonho realizado, estar representando tantas meninas e meninos pretinhos é uma oportunidade incrível. Queria agradecer muito por essa oportunidade e por essa abertura. Como a Bia falou, é um filme muito leve, é pra família toda e eu tenho certeza que vocês vão gostar porque está maravilhoso.


Matheus Ueta: A gente está no Disney Plus, cara, isso é sensacional. Sou muito fã da Disney e do Disney Plus também, lembro que quando lançou aqui no Brasil eu fui um dos primeiros a assinar porque sou muito fã. E ver hoje que a gente vai estar ali é um sonho realizado. É muito parte da infância, todo mundo cresceu assistindo Disney, e você estar em um dos principais serviços de streaming, conversando com um público jovem, é muito bacana. É emocionante e eu fico muito feliz com a oportunidade. O filme tá muito gostoso e muito leve.


Hora de Brilhar estreia nesta sexta-feira, dia 29 de julho, exclusivamente no Disney Plus.



Siga o AD no Twitter e no Instagram para acompanhar as notícias dos filmes e séries da Disney em tempo real, todos os dias.

Comments


bottom of page